MENSAGENS

RESPONSABILIDADE/ENCARGO

foto
Com a ajuda de uma ferramenta eletrônica, procurei na Bíblia (NVI) citações relacionadas ao tema "responsabilidade/encargo". Em segundos, havia encontrado mais de cento e cinquenta citações, nas quais alguns detalhes me chamam a atenção: (1) Mais da metade dessas citações estão no Antigo Testamento, com ênfase ao Livro de Números, relacionadas à tribo dos Levitas, que tinha a privilegiada atribuição de cuidar da, e se preciso defender, funcionalidade do culto a Deus ;

(2) Principalmente quando relacionadas aos filhos de Deus, o tema "responsabilidade/encargo" sempre está atrelado a alguma forma de bênção, promessa ou privilégio.

Diante desses e de outros exemplos da história bíblica, uma observação surge diante do meu raciocínio: Toda bênção, todo privilégio, toda dádiva recebida das mãos de Deus, traz consigo uma carga de responsabilidades. Em outras palavras, receber bênção também significa receber cruz. Alguns exemplos práticos... Aqueles que, como eu, são pais, sabem que filhos são bênçãos grandiosas na vida da gente. Que alegria é segurar um filho nos braços, vê-lo crescer, participar de suas vitórias...mas que peso! Eles dão trabalho, fazem-nos chorar, exigem sacrifícios ao longo de toda a vida. Todo crente sabe que o casamento aos pés do Senhor é uma bênção! Mas quantas responsabilidades coloca sobre os ombros do casal? Deus também tem curado pessoas de suas enfermidades físicas. Que bênção! Mas junto com a cura vem a necessidade de se cultivar uma vida saudável, sem excessos... também o retorno do trabalho, antes inviabilizado pela doença. E assim por diante, não consigo conceber bênção desatrelada de responsabilidade. Mesmo a salvação de nossas almas, a maior de todas as graças, obriga-nos a um viver exemplar, santificado de modo a servir como testemunha diante das Nações. Penso, afinal, que talvez seja essa a razão de não alcançarmos muitas das bênçãos que rogamos a Deus. Ele, com Seu infinito saber, conhece não apenas as nossas reais necessidades, mas também a nossa capacidade de arcar com as responsabilidades que cada bênção representa. Ele sabe quando e se somos capazes de carregar a cruz da bênção. O raciocínio final é lógico, ainda que pareça "interesseiro"...se você quer uma bênção, pense primeiro nos encargos que com ela virão e busque capacitar-se a eles, lembrando que só se encontra real capacitação no Espírito Santo de Deus. Sabemos que não merecemos os favores de Deus. Ele os faz por Sua misericórdia e graça. Mas se tivermos pelo menos um pouco mais de consciência sobre aquilo que Ele espera da graça em nós, pode ser que Ele atenda nossos pedidos e nos conceda bênçãos cujas cruzes estamos de fato dispostos e prontos a carregar.

Bom dia!

Fonte: Pr. Jairo




OUTRAS MENSAGENS

22/01/2018

Carta à Igreja de Filadélfia.

24/09/2015

RESPONSABILIDADE/ENCARGO

16/09/2015

O Salmo 121

06/01/2015

"DECADÉNCE AVEC ELÉGANCE"

05/01/2015

TRANSFORMANDO CONFLITOS EM BÊNÇÃOS

05/01/2015

AS TRÊS LAGRIMAS DE CRISTO

Av. Arquimedes Pereira Lima, 25
Jardim das Américas | Cuiabá/MT
55 65 3027 4356